Acesso ao banco de empregos

Congraf é alternativa na produção de embalagens mais sustentáveis

Sustentabilidade - 26/09/2019 - 10:26

Fabricante de embalagens identifica demanda crescente na migração de materiais e oferece soluções ao mercado

Nos últimos anos, a consciência ambiental vem aumentando significativamente na sociedade. O acesso à informação fez com que o consumidor, as empresas e as autoridades se interessassem mais pelas questões ambientais que se apresentam tão urgentes. Com isso, a produção de embalagens e sua decomposição passaram a figurar no centro de discussões relacionadas à sustentabilidade.

Multinacionais renomadas, como Mondelez, Nestlé, por exemplo, já estão buscando alternativas mais amigas do meio ambiente e estipularam prazos para migrar todas as suas embalagens para materiais altamente sustentáveis, como é o caso do papel e papelcartão.

No Brasil, a Congraf, fabricante de embalagens em papelcartão, tem notado que essa questão vem ganhando importância a cada dia. “O caminho do consumo sustentável é irreversível. Já estamos percebendo diariamente esse movimento com um olhar mais crítico quanto à escolha de materiais mais sustentáveis e quanto a processos. Certamente, a curto prazo, veremos uma forte transformação no mercado”, analisa Sidney Anversa Victor Júnior, diretor industrial da Congraf.

De acordo com informações da Two Sides, Organização Global sem fins lucrativos que dissemina informações e iniciativas sobre a sustentabilidade do papel, as embalagens de papel e papelcartão se destacam por minimizarem os impactos ambientais e por estarem estão entre as que mais são recicladas em comparação com embalagens de outros tipos de materiais, protege mais recursos do que usa, contribui para manter as florestas saudáveis e ajuda a combater as alterações climáticas.

Outro fator que pesa a favor das embalagens de papel é sua decomposição na natureza. Dados da Two Sides mostram que o tempo de decomposição do papel é de 3 a 6 meses, muito mais rápido do que outros materiais de embalagens que passam de cem anos. Tais características apontam para esse material como um aliado, nesse processo de mudança de consumo onde a preservação do meio ambiente é prioridade.

“Nós acreditamos muito no papel como um dos materiais que mais possui benefícios em termos de sustentabilidade. E a indústria gráfica, nos últimos anos, investiu muito e está fortemente preparada para a demanda dessa alteração global de consumo. A Congraf dispõe de desenvolvimento capacitado para criar projetos sustentáveis e produzir de forma competente embalagens duráveis, atraentes, renováveis e recicláveis”, explica Sidney.

A fabricante, conta com um departamento de desenvolvimento capacitado para criar soluções responsáveis de embalagens, possui em seu parque gráfico equipamentos “verdes”, que minimizam o impacto no meio ambiente, além de possuir a Certificação FSC, que atesta que o papel utilizado na produção de suas embalagens tem origem em florestas plantadas para este fim.

“Alinhada à nossa filosofia, temos uma estrutura completa para atender as mais variadas demandas e projetos que visam embalagens em papelcartão, que são muito mais amigas do meio ambiente”, ressalta o executivo da Congraf.

Fonte: Frisson Press

Fonte:
Tags:
<< Ver outras notícias